4 dicas para se vestir bem gastando pouco

Rotina de beleza: Hábitos que salvam um casamento!
28/09/2021
Camisa regata para malhar
Descubra o poder da Camisa Regata em um look
09/11/2021
Exibir tudo

4 dicas para se vestir bem gastando pouco

Não existe nada melhor do que a ideia de estar sempre bem vestida sem precisar gastar rios de dinheiro para isso, não é mesmo?!

Estar na moda não significa ultrapassar os limites do seu orçamento, muito pelo contrário. É possível se vestir muito bem, gastando pouco. Continue lendo a seguir para saber algumas dicas de como fazer isso e aproveite!

1. Veja o que você já tem no guarda-roupa

Antes de assistir a um desfile, visitar perfis de modelos ou influenciadoras de moda, foque nas peças que já estão no seu guarda-roupa. Olhe para os looks de modelos e de passarela com uma mente mais aberta para aquilo que você já possui ou que pode adaptar.  

O ideal é que você não acumule roupas nas gavetas e nos cabides e que todas as peças fiquem visíveis, pois isso facilita as combinações e dá uma melhor perspectiva do que realmente está faltando. 

Você pode facilmente adaptar uma calça saruel que já ama, por exemplo, com as tendências que surgem dentro da moda.

Tenha sempre criatividade! Um simples lenço pode servir de cachecol, blusa, cinto, acessório de cabelo ou até de bolsa. Tenha um olhar mais amplo para aquilo que já é seu. 

2. Fuja de tendências com prazo de validade

Sabemos que pode ser uma tentação querer comprar um vestido da última coleção, mas antes de tomar essa decisão, vale a pena pensar sobre a utilidade da peça no longo prazo. 

A melhor opção é apostar em roupas de aparência mais equilibrada, que podem se reinventar ou serem adaptadas ao momento. 

Em vez de jogar cem por cento nas tendências, dê preferência para peças que estejam na moda, porém, que sejam atemporais. Isso fará com que o item não fique com uma aparência datada.

3. Saiba comprar as roupas certas

Não é necessário procurar pelas lojas mais caras da cidade para comprar as roupas certas, muito pelo contrário. Os grandes magazines ou redes de varejo, por exemplo, são uma boa pedida para quem deseja se vestir bem e gastar pouco.

O segredo para comprar nesse tipo de loja é prestar atenção ao tecido e caimento. Portanto, sempre experimente as roupas no provador e dê preferência para aquelas que não precisam de nenhum ajuste no tamanho ou comprimento. 

Já para fazer compras pela internet, fique atenta às próprias medidas e nos recursos disponibilizados pela marca, como todos os detalhes sobre medidas e provadores virtuais. 

4. Conheça o seu estilo e corpo

Uma forma de deixar as compras mais inteligentes e economizar é o autoconhecimento. Por isso, é muito importante que você busque saber mais sobre seu estilo pessoal e seu corpo. Muitas mulheres não fazem ideia de qual é o seu biotipo de quais são as peças de roupas que mais combinam com ele e isso pode acabar gerando muito desconforto ao escolher a roupa ideal.

Conhecer mais sobre si mesma fará com que fique bem mais fácil decidir qual moda seguir e qual deixar passar, evitando compras por impulso e arrependimentos. 
Essa dica se torna especialmente valiosa em casos de peças básicas ou de itens considerados essenciais em um guarda-roupa. Muito se ouve dizer sobre o quão necessário é que todas as mulheres tenham uma camisa branca no armário, por exemplo, e de repente você não combine com ela ou simplesmente não goste desse estilo então seria uma compra ruim.

Portanto, o básico e o primordial depende do estilo individual de cada mulher, então foque em saber o que gosta e o que não gosta para saber exatamente como definir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *